Páginas

domingo, 8 de maio de 2011

Um pedaço de você


Todas as noites eu sinto seu corpo aquecendo-me... Sinto nossas essências bailando em um lugar só delas, unidas por uma dança eterna. Por todos os traços e lugares, por todas as vibrações e pelas paisagens mais lindas. Sonhando juntas nume ternura e amor inexplicáveis, em uma eterna valsa que se arrasta pelo tempo sozinha.
Levante sua alma junto a minha. Eu não enxergo o mundo sem você. Andamos por muito tempo em caminhos incertos, continuamos deitados na parte escura do nosso paraíso olhando para o vão, mas sabe querido.. o inferno se tornaria perfeito se você estivesse junto a mim. O tempo se tornou sólido demais para nós dois.
Nos teus olhos eu encontrei o nosso real paraíso, e ele estará vivo para sempre.
Me carregue em seu coração. Eu vou cuidar de você meu amor. Nunca se sinta só. Eu estarei aqui. Olhe para a lua. Olhe para o infinito. Olhe para o tempo. Olhe para mim. Eu estarei respirando junto com você, em sintonia. Nós nos tornamos apenas um coração separado. Uma metade está com você, cuide bem dela. Não se afogue por favor, sabe como eu seria sem um pedaço de meu coração? Sabe o que eu seria sem um pedaço de você?
Permaneça respirando, você está nos meus pensamentos, você está nos meus sonhos...
 Continue caminhando. Sabe que no final você vai me encontrar. Guarde seu amor. Eu nunca mais quero me sentir vazia. Sussurre meu nome para este lindo luar prateado que está iluminando a nos dois. Eu continuarei sentada no chão esperando que a lua o guie. Chegue até meu coração, encontre-me, encontre nosso coração. A lua tem observado nossos passos, abaixo de nós dois ela brilha majestosa nos dando forças para continuar.
Meu amor por favor, continue andando contra a neve, nosso amor é mais forte que qualquer coisa. Nossos fragmentos juntos, irão derreter toda a melancolia desta noite gélida.
As minhas pegadas logo serão apagadas. Minhas memórias vão sumindo e se perdendo neste tempo infinito. As pessoas não irão lembrar nossos nomes. Ninguém irá se lembrar do amor que nos restava. Ninguém irá se lembrar da chama que ardia em nossos peitos e nos aquecia nos nossos invernos invernos. Os vestígios vão sumir, mas meu amor, continuaremos com nossos corações unidos até o final de nossas vidas, e após, nosso amor continuara registrado pela lua. Este luar será sempre nosso... sempre nosso. Você sempre será metade de mim, e eu sempre serei metade de você. Quando nossos corpos apodrecerem enterrados, mesmo que não estivermos juntos, o nosso amor vai continuar vagando por todo nosso caminho percorrido. Dançando... acima do chão que andamos juntos, bailando na lamuria e na felicidade que deixaremos para trás. A nossa historia não será contada por ninguém, ela não será escrita, e ninguém irá conhece-la. Mas ela continuará viva por estes passos, viva num espaço tempo preso em algum lugar desta terra, e será levada com o vento para todos os lugares. Nossa essência vai continuar aqui. Mesmo que ninguém saiba. Mesmo que ninguém nunca tenha visto. Este será um segredo de amor que o luar irá manter para si em sua beleza majestral.
Nossa historia continuará aqui. Mesmo que ninguém saiba, nossos corações batiam juntos, mesmo separados. E mesmo que nem nós mesmos não nos lembremos, nossos corações continuarão em sintonia.

Beijos D.

Nenhum comentário:

Postar um comentário