Páginas

sábado, 12 de março de 2011

A nossa melodia



Fico sentada aqui apenas observando o mundo girar. Com os fones de ouvido e a alma aberta, reflito até que a noite caia. Minha mente está tão cheia de tudo, que chega a estar vazia. Observo no meio da escuridão a estrela mais brilhante do céu.
Escuto melodias. Sons agudos. Sons graves.
Como seria nossa musica? Uma melodia linda. A nossa melodia. O nosso ponto de conexão. Lenta e inspiradora no começo. No meio, retrata a dor.
Como será o final? Oh, me diga. A letra seria tocante, fria mas emocionante. A batida seria forte. Como a de nossos corações.
As notas iriam pairar pelo ar. Iriam dançar conosco. Nos rodear, como uma magia invisível, que não se vê, se escuta. E que não se escuta, se sente.
Ela iria modificar nossa frequência, se deslumbrando sobre o espaço tempo. Se aperfeiçoando em nosso amor, enchendo nossos corações.
Em quanto continua brilhante lá em cima. Eu continuo sentada aqui, me habituando a escuridão tentadora. Paralisada. Porém, sem medo. Talvez você estivesse em meio a esta escuridão.
Ela me tirou tudo o que eu tinha (You)
Tudo o que eu tenho (You)
Imaginando nossa musica. Tocada lentamente, vista de seus olhos. Expressando a doçura do seu toque a perfeição de suas palavras e sua imagem divina.
Por que hoje? Por que agora? A nossa sincronia. Que faz um momento igual, único.
Caminhe até mim. Me proteja e me conforte em seus braços. Não exite em me beijar. Não exite em aproveitar o tempo que temos, é curto. Me mostre que é meu. Me faça sua.

Eu te amo




Beijos D.

Nenhum comentário:

Postar um comentário