Páginas

quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011

A esperança refletida no sol


Talvez, ainda há uma esperança. Uma esperança para nós dois.Nossos corações podem se curar juntos,
Unidos pela força do amor.
Você apareceu na minha vida e mudou tudo completamente;
Finalmente, encontrei a saída da escuridão.
Meu coração é seu agora. E não poderia ser de ninguém melhor.
Por tanto tempo, eu esperei alguém como você, e você estava tão perto, tão perto, que eu nem pude perceber. Isto a te te enxergar de verdade.
Agora você tem minha vida em suas mãos. Tem minha força. Use-a para lhe curar,
você saiu tão ferido desta batalha.
Eu curarei suas feridas, em quanto você cura as minhas.
Você salvou minha vida.
No momento em que eu estava tão fraca. Eu não conseguia me levantar, o tombo havia sido forte demais. Você me encontrou no meio do nada, você se rastejava, e assim, nós levantamos juntos.
Nós nos encontramos por um motivo: Curar tudo o que nos machucou por tanto tempo e aprender a viver.
Você é completamente perfeito. Igual a mim.
Não me abandone, agora, eu dependo de você para continuar de pé.
Você iluminou tudo. Agora posso enxergar com clareza. Meu sol negro e petrificado foi restaurado. Brilha mais do que nunca.
Havia uma faca cravada em meu coração. Em quanto o sangue descia, eu tentava olhar para o sol. Parecia tão distante. Tão obscuro. Mas eu consegui ver uma esperança debaixo de tanta dor.
Eu sentia, que você chegaria. Eu sabia. Meu coração morto sabia.
E você chegou. Eu levantei a mão. Você a pegou. Em um simples olhar, você entendeu tudo.
Me salvou do pesadelo no qual eu vivia, e ressuscitou meu coração.

Beijos D.
Texto antigo, editado e repostado

Nenhum comentário:

Postar um comentário