Páginas

segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

Cicatrizando feridas


Você estava com coração ferido quando eu cheguei. E você usou meu amor para nutrir sua alma. Já estava desabando em falta de amor vinda de paixões não correspondidas, então me usou como ponto de refugio. Tomou minhas forças para você. Não apenas sugou minhas forças e foi embora, você também me levantou, também usei de seu amor para nutrir-me. Ambas partes usaram um ao outro para suprir necessidades do amor. Você pode não me amar exatamente, ser importante para você já basta. Pois não posso exigir muito de tão pouco tempo. Você encontrou refugio em mim e eu em você. Desde modo, nós nos restauramos a bases do outro, e isto foi perfeito. Como um garoto e uma garota que se encontram no acaso para curar-se. E confesso, me apaixonei. Mas pode ser que você também tenha se apaixonado. Ou não. A questão é, de qualquer maneira, me sinto feliz por ter sido útil de alguma maneira e de ter te dado apoio.No momento não consigo discernir amor de apoio e refugio. Talvez os dois, pelo menos de minha parte. Trocávamos amor a todo momento. Amor é uma palavra vazia. Muito desvalorizada e usada de forma falsa hoje em dia, mas foi real.Você se reergueu diante de minha força, salvei seu coração. Eu, por minha vez, curei minhas feridas e me apaixonei pelo garoto que acabara de salvar, você.

Beijos D.

Nenhum comentário:

Postar um comentário