Páginas

terça-feira, 28 de dezembro de 2010

Tudo de novo


Fico aqui refletindo, como as coisas do passado continuam presentes em meu imenso futuro. O amor é muito egoísta com os outros sentimentos. Quando as borboletas estão soltas, queremos que elas voltem. Quando elas estão presas aqui, queremos solta-las. Os sofrimentos do passado e os amores estão acumulados aqui, e ficarão para sempre. Por isso que mesmo em situações felizes, ficamos tristes e mal humoradas.
Pensei que fosse fácil apagar lembranças do passado. Pensei que fosse fácil amar. Pensei que eu poderia recolher as borboletas quando eu quisesse. Eu estava completamente errada. Pois a vida não é tão simples como eu imaginava. Todas nós somos garotas diferentes. E por isso, somos todas iguais. Você deve ter pensando que duvida que outras garotas te entendam ou saibam o que está passando. Pois elas sabem. A maioria.
Queria poder te esquecer com um piscar de olhos, como fiz outra vez. Mas a verdade é que não ouve outra vez, eu continuei te amando, apenas não sabia disto. É incrível como o amor nunca morre, ele apenas se afasta e volta muito mais poderoso. Queria ao menos te dar um ultimo beijo. Queria no mínimo poder estar perto de você, mesmo que você não quisesse, queria apenas te olhar. Pois meu coração pulsaria forte e por alguns instantes, eu voltaria a viver. Queria apenas um momento para lembrar. Minhas lembranças passadas estão embasadas, e as lembranças nas quais queria descartar, estão bem claras em minha mente, e voltam o tempo inteiro, repetidamente. Tento evita-las, mas não consigo. A ferida não cicatriza. E quanto mais feridas sofro, mais elas demoram para cicatrizar. E quando eu paro, meus pensamentos não fogem de você. E a cada segundo que me lembro que você está longe, a dor aumenta, e a ferida fica cada vez maior. Pois eu vivo em um mundo de sonhos, pensamentos e palavras em um diário idiota fechado a sete chaves. Mas os segredos não ficam trancados ali. Ficam trancados em minha garganta.

Tudo é sempre igual.
Olhares-Paixão-Sorrisos-Love- Mais love- Lágrimas- Buraco de sofrimento- Mais lágrimas

Beijos D.

Nenhum comentário:

Postar um comentário