Páginas

terça-feira, 14 de dezembro de 2010

Não grite


Não grite seu idiota
Sei que minha dor está te corroendo
Mas não grite
Estou mais sanguinário que costumava ser. Estou piorando
Não grite
Apenas vá embora, você sabe que deve

Seus gritos me deixam com mais raiva
O sofrimento acumulado é despejado em você
Você sabe que deve. Vá
Estou acostumado a viver sozinho
Estou acostumado a ter que fugir para proteger quem amo

Não grite seu idiota
Sei que minha dor está te corroendo
Mas não grite
Estou mais sanguinário que costumava ser. Estou piorando
Não grite
Apenas vá embora, você sabe que deve

Apenas vá embora. Não faça perguntas
Me solte; Você sabe que vai adoecer aqui
Vá logo; Você sabe que está morrendo
Vá em silencio, seus gritos de socorro me fazem enlouquecer

Seus gritos esperançosos então me deixando com raiva
Não me deixe ouvi-los
Vá embora (em silencio)
Aqui é um buraco profundo e sem volta

Não se aprisione aqui
Não vale a pena
Não tente mudar as trevas
Cale a boca antes que as sombras façam isto por você

Fuja daqui (x3)

Aqui você viverá em um vazio
Meu coração frio irá te adoecer
Vá embora.
Você tem esperanças demais. Fuja com elas
É impossível salvar a morte. Não insista

Não grite seu idiota
Sei que minha dor está te corroendo
Mas não grite
Estou mais sanguinário que costumava ser. Estou piorando
Não grite
Apenas vá embora, você sabe que deve

Seus gritos me deixam com mais raiva
O sofrimento acumulado é despejado em você
Você sabe que deve. Vá
Estou acostumado a viver sozinho
Estou acostumado a ter que fugir para proteger quem amo

Vá embora em quanto há tempo
Você não vai gostar de se tornar um de nós
Vá embora em quanto há tempo
Você não vai gostar de se tornar um de nós

Não insista, vá, você sabe que deve (x2)

Vá antes que seja tarde de mais...

Beijos D.

(tentei fazer uma musica qq )

Um comentário: