Páginas

sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

Nunca acaba


A verdade é que eu não quero te esquecer. Pois você é parte de mim. Se eu te esquecer, um pedaço de mim será arrancado e uma razão de vida vai pro ar.Tudo começou e acabou muito rapido. Praticamente não acabou. O amor continua vivo aqui dentro. Mas está morto em você. As vezes me da vontadede arriscar e ter você apenas um vez. Mesmo sabendo que estaria me enterrando viva. Mesmo sabendo que isto faria você ficar mais forte em meus pensamentos. Mesmo sabendo que eu iria me machucar.
As vezes tudo o que eu quero é fugir para o mais longe possivel. Para tentar fugir daquilo que me lembra você. No caso, tudo. Os meus cantos favoritos da casa aonde eu custumava pensar em você, tudo, tudo tudo. Mas se eu fugir, estarei perto de você nos pensamentos. Nenhuma distancia faz você se afastar de minha mente.
Quero muito mudar de amor. Queria muito algo que desse certo. Mas parece que nunca acaba. Parece que não tem um fim concreto. Pois meu coração teima em te manter ali. Ninguem entra e ninguem sai. Só o que posso fazer agora é me orgulhar por conseguir me manter firme. Tudo é sempre igual.

Beijos D.

Nenhum comentário:

Postar um comentário