Páginas

domingo, 19 de dezembro de 2010

History - Uma noite inesquecivel Parte V -final-


Entramos. Eu estava muito nervosa. Porém, muito feliz. Ele viveria comigo. E nos passaríamos a nossa primeira noite de amor.
Fui até o quarto entre passos infalsos e sentei-me na cama. A casa estava cheia de caixas e com poucos móveis. Porém já estava com algumas coisas que indicavam que ele estava aqui a uns dois dias preparando tudo. Haviam velas acesas, pétalas de rosa pelo chão, tudo lindo.
Daniel sentou-se ao meu lado em cima da cama. Começou a acariciar meus cabelos e disse:
- Você sabe que eu esperei muito por esta noite não é...
Deu um enorme sorriso como se dissesse 'também'.
- É um sonho que se tornou realidade. Eu amo você Lindsey. - Ele chegou mais perto e me beijou.
Deitamos e ficamos ali, juntos, a noite inteira. Até que adormecemos.

Amanheceu. De repente acordo e sorrio. Eu estava nos braços do homem no qual eu mais amo neste mundo. Fechei os olhos por alguns momentos sentindo a pele dele.Fiquei apenas o observando em quanto ele dormia. Lindo.
Ficava imaginando, com o que ele estava sonhando. Devia ser cedo, eu conseguia ouvir os passarinhos cantando e sol bem fraquinho tocando meu rosto.
Apoiei a cabeça sob seu peito e fiquei escutando o seu coração. Batia fortemente. O meu também. Era uma sensação maravilhosa acordar com ele.
- Eu te amo Dani... Eu te amo... - Disse, acariciando sua face.
Ele abriu os olhos devagar e olhou fixamente para os meus.
- É otimo acordar com você falando que me ama. - Disse ele esbanjando um enorme sorriso.
O abracei forte. Pois naquele momento, ele era meu. Estava comigo. E nada mais importava no mundo inteiro. Lá fora tudo poderia explodir, eu iria continuar aqui nesta imensa felicidade. Era até difícil de acreditar que isto realmente estava acontecendo, depois de tantas lágrimas e sofrimentos.
Puxei a coberta e me enrolei nela. Levante-me e fui me vestir. Dani continuou ali me observando. Após me vestir, fui até a cozinha e fiz algumas torradas. Não havia muita coisa ali. Foi só o que deu para fazer. Ele havia recem se mudado. Fui até o quarto e levei uma delas até ele.
- Você será uma otima esposa. - Disse ele debochando.
Dei uma risada e sentei-me com ele.
- Hoje você vai em sua casa pegar suas coisas ok?
- Ok.
- Será que sua mãe vai ficar muito brava?
- Acho que não. Quando filhos e pais brigam, os filhos fogem, isto eu já vou fazer mesmo. - Eu disse rindo.
Depois de ficarmos ali por um tempo, ele se vestiu, e nós fomos até minha casa.
- Oi mãe.
- Não sabia que você ia passar a noite fora. - Dani entrou logo em seguida. Quem é este rapaz Lindsey?
- É meu namorado. E agora eu vou morar com ele.
- O que!? Eu nem sabia que você estava namorando!
- Não importa o que você diga, eu vou. - Eu disse indo em direção ao meu quarto.
Peguei minhas malas e comecei a colocar minhas coisas nela. Depois de tudo pronto, fui embora. Ignorei completamente minha mãe.
Chegando em nossa casa, coloquei minha malas em um canto. Dani me puxou para seus braços e disse.
- Agora você é minha... Obrigada senhor... - Ele disse olhando para mim após para o céu. Eu via o brilho sincero de seus olhos.
- E você é só meu. - Disse sorrindo.
- Agora você vai terminar a faculdade, eu vou trabalhar, até já consegui o trabalho aqui. E você será minha mulher.
O abracei o beijei. E desde a festa, até a virada da noite, foi o melhor dia da minha vida. Pois só ele fazia eu me sentir viva.

Fim.

Beijos D.

6 comentários:

  1. Lindo demais *---*
    Eu quero o Dani pra mim.

    ResponderExcluir
  2. Será que homens perfeitos como o Dani existem? Eu quero o Dani pra mim +1

    ResponderExcluir
  3. também queria o Dani pra mim T-T

    garotos como ele existem sim, porém, só ficam assim quando estão completamente apaixonados, o que é muito dificil. -ahhhh-

    ResponderExcluir