Páginas

sexta-feira, 12 de novembro de 2010

Logo de manhã



O amor nem sempre é ruim.
Logo de manhã, eu estava sonhando com você. Provavelmente com um sorriso bobo no rosto. De repente acordo de um sonho para outro. O celular toca, e seu nome aparece nele. O sol que bate em meu rosto queima meus olhos, e brilha. A janela aberta e o céu azul lá fora, um dia lindo. Um perfeito sonho. Atendo o celular e escuto a voz mais doce e deliciosa que se pode ouvir logo de manhã. A sinfonia de sua voz dizendo que tem saudades com o canto dos pássaros suave e feliz. Você é o único que faz eu viver na nuvens deste jeito, flutuar e ir ao além aonde eu nunca fui antes. De me fazer sonhar acordada e me fazer acreditar que tudo realmente é um sonho. Mas você é real. Lindo, gentil, amoroso, carinhoso, romântico, e real. De repente, o amor serve para algo a não ser nos fazer chorar. Ouvir um 'eu te amo' seu logo de manhã é a melhor sensação que uma adolescente depressiva como eu pode ter, depois de receber um beijo seu no momento de mais carência. Um eu te amo seu me fez sorrir o resto do dia. No amor, o ato mais simples faz você respirar profundamente e sorrir logo após, sem acreditar que tudo aquilo pode, realmente, ser verdade. As coisas mais simples faz você deitar na cama e ficar horas pensando nele. Ouvir sua voz após estar sonhando, me fez refletir, o que é ser feliz? Ser feliz é isso. Apreciar tudo, e desfrutar de tudo que possa te fazer sorrir. Acordar de um sonho para uma realidade exatamente igual. Isto é o que muitas garotas buscam, e falo orgulhosamente, agora, eu estou muito feliz. Já sofri muito, já derramei muitas lágrimas, mas isto cura tudo. Sorrir é o melhor remédio. Mal conseguia falar no telefone, pois fiquei hipnotizada, fiquei apenas ouvindo sua linda voz. Sorrindo. Eu senti uma paz gigante neste momento. Como se eu não precisasse de mais nada naquele momento. Meu coração estava satisfeito. Depois de desligar o telefone, quase sem ar, voltei a respirar, fechei os olhos e fiquei lembrando dos detalhes de seu rosto. E de teus olhos que brilhavam em quanto me olhavam na ultima vez que nos vimos. Pensei que um momento de felicidade assim nunca chegaria em meu coração. Depois de muitas lágrimas, eu merecia algo assim. Meu quarto tão vaziou e solitário, estava tão harmonioso. Apenas na luz do sol, a janela aberta até em cima, possível assim ver toda a paisagem. Uma linda paisagem. Eu te amo.. É só o que quero te dizer agora. Nem tenho palavras para explicar como fiquei sonhando, dentro de um sonho chamado realidade. Nem sempre o amor é tão cruel... Esta era uma parte dele que eu desconhecia, mas adorei conhecer.

Desfrutar a alegria do ato mais simples, fechar os olhos, sonhar, dizer que o ama, e sentir o ar tocar em seu rosto e ouvir com atenção os pássaros, olhar pela janela e saber que você é a coisa certa e ter certeza de que estão juntos. Isto é ser feliz. Mesmo que seja só por um momento. Mesmo que acabe. Aproveite. Sinta a brisa. O abrace o mais forte que puder. Não poupe beijos, perca o fôlego, encoste suavemente seu rosto no dele. Se salve.

Beijos D.

Nenhum comentário:

Postar um comentário