Páginas

terça-feira, 30 de novembro de 2010

History - Uma noite inesquecivel parte III


Parte I - Parte II - Parte III - Parte IV -

- Pode falar, mesmo que seja algo ruim, eu não vou ficar brava com você. Eu te amo.
- Seguinte, nós estamos juntos há dois meses mais ou menos não é?
- Acho que sim.
- Eu sofria muito por ficar com você há distancia; Então eu ia terminar com você para acabar com tudo de vez. Não queria ficar me desgastando.
- Não faça isso! Estamos juntos agora!
- Eu ia terminar. Só que aí eu desisti, e vim para cá. Não aguentava mais ficar longe de você. Eu te amo. E nenhuma distancia vai mudar isso. Eu só penso em você a todo momento. E talvez, a distancia não só nos faça chorar mas, se eu já tivesse te visto há muito tempo, nosso primeiro beijo não seria tão magico quanto foi. E dois meses já foi tempo demais. Vim para cá o mais rápido que pude, e vim te levar nesta festa que você queria tanto ir. Então que façamos desta noite, a melhor de nossas vidas. Uma noite inesquecivel. Você não faz ideia de como é bom ver você assim, pode te tocar... - Ele disse pegando na minha mão. Poder te beijar, e olhar nos seus olhos, poder dizer que te amo e ouvir isto de você também. Pois você é tudo o que quero agora, é a mulher que eu amo, a mulher da minha vida, e se eu não te vi-se logo, eu ia enlouquecer.
- Eu também te amo muito Dani. - Disse quase chorando.
Foi a melhor coisa do mundo ouvir tais palavras. Esta festa foi a melhor coisa que me aconteceu. Dani estava ali na minha frente, comigo, me falando estas coisas tão lindas, me olhando com um olhar sincero e amável. Estava sendo melhor do que em meus sonhos. Pois era tudo real. Palavras para eu lembrar para o resto da vida.
- Eu te amo Lindsey... Nunca se esqueça disto.
Uma lágrima caiu de meus olhos. Nunca pensei que ele falaria tudo isto. Meu sonho estava se realizando. Ele recolheu minhas lágrimas e levantou.
- Vamos dançar moça bonita? - Disse ele sorrindo e me estendendo a mão.
- Claro moço atraente. - Disse pegando na mão dele.
Fomos até a pista, estava tocando uma musica agitada. Eu nunca soube dançar muito bem, muito menos este tipo de musica. Temia dançar mal e pagar mico. Talvez fosse melhor avisar.
- Dani, eu não sei dançar.
- Não é difícil, olhe. - Disse ele me mostrando alguns passos e pedindo para repeti-los.
- Não sei não, talvez fosse melhor esperarmos outras musica.
- Se prefere assim.
- Eu vou ao toalhete e já volto meu amor.
- Está bem.
Fui caminhando lentamente até o banheiro tentando me livrar da tentação de olhar para trás e ver se ele estava me olhando ir até lá.
Entrei. Fiquei de frente para um dos espelhos em quanto lavava as mãos pensando em tudo que ele dissera. Não consegui segurar e comecei a pular de alegria. As garotas que estavam lá me olharam assustadas. Mas eu não ligava. Eu estava incrivelmente feliz e nada iria impedir isto. Apoiei as mãos sobre a pia em quanto me olhava no espelho, sorrindo. Abri minha bolsa e retoquei a maquiagem. Dei uma arrumada no cabelo e sai. Em quanto eu ia até Dani, eu o observava de longe, sentadinho me esperando, bebendo alguma coisa, se rindo. Muito fofa a expressão de felicidade que ele estava. Aquilo me deu certeza de que ele me amava.
Cheguei perto dele sorrindo. Ele sorriu de volta. De repente, uma musica lenta começou a tocar.
- E esta musica? Dança comigo?
- Claro que sim Dani.
De mãos dadas, fomos-de novo- até a pista. Todos os casais começavam a se formar e a dançar lentamente. Ele colocou a mão em minha cintura, eu coloquei no ombro dele, e a outras de mão dadas para cima, igual como se dança valsa. Apoiei a cabeça sob seu peito e fechei os olhos. Apenas fiquei sentindo sua pele e dançando. Ouvindo aquela linda musica. Me sentia tão plena... Tão protegida...

De repente, percebo que ele fica um pouco chateado, decepcionado, não sei. Mas fez uma cara de tristeza.

- Dani o que ouve? Não está gostando de estar aqui?

Continua...

Beijos D.

6 comentários:

  1. Adorando a história mas vc tem que parar sempre nas melhores partes só pra gente ficar mas curiosa :)

    ResponderExcluir
  2. sempre para das melhores parte :/ , muuuuito linda essa historia *-*

    ResponderExcluir
  3. aaaaaaaaaa , ele precisa ir morar perto dela *_*

    ResponderExcluir
  4. Que lindo, o Dani é um fofo *-* Continua!

    OBS: Há alguns erros de ortografia, nada grosseiro, mas é sempre bom prestar a atenção nessas coisas, ajuda na evolução do escritor.

    Sempre para na melhor parte u.u

    ResponderExcluir