Páginas

segunda-feira, 25 de outubro de 2010

Te odeio por que te amo


Sim, não vou mentir. Eu te odeio. Eu te odeio com toda minha força. Mas odeio por que te amo. Por que você consegue mexer comigo. Consegue fazer eu adoecer. Consegue fazer que te querer aqui comigo. Eu odeio tudo em você. O jeito como você olha no fundo do meu olhar e me deixa mais apaixonada. Odeio o jeito em como você me faz rir. Odeio quando você tenta chegar de mansinho conquistando território e me deixando sem forças para evitar. Odeio o jeito em que você entrou na minha minha. Eu te quero aqui. Quero poder te abraçar; Você é a base de tudo. De meus sonhos, de minha vida. Você é um domador de sonhos. Odeio isso em você também. Odeio tal sentimento que sinto por você, odeio aquele friu no estômago e também odeio o jeito em que fico desajeitada com você por perto. Odeio suas palavras que fazem eu te amar ainda mais. E odeio quando você faz parecer que tudo é fácil, é só te fugir. Odeio quando eu sei que é perigoso te beijar e mesmo assim faço. Simplesmente odeio. Odeio tal forma em que você faz eu sonhar acordada e passar horas do meu dia pensando em seus olhos em seu rosto que ficou marcado em minha mente.

Mas te odeio por que te amo. Não você, mas o que você faz para eu te amar.


Beijos D.

Um comentário: